Perguntas Freqüentes

Perguntas Freqüentes

Veja abaixo as principais dúvidas de nossos clientes e alguns esclarecimentos solicitados com freqüência.


Comercial

Após aprovação de cadastro, faturamos para 28 dias compras acima de R$ 400,00.

Estamos localizados em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo o que nos favorece logisticamente, pois estamos rodeados de estradas, pelo porto de Santos e por alguns dos principais aeroportos do país. Somado a isso, procuramos manter estoque de todos os nossos equipamentos para que o prazo de entrega seja sempre minimizado. Procuramos manter nossas entregas em um prazo de 3 a 10 dias úteis, variando pela região do país. Para pedidos especiais e grandes, o prazo fica em aberto e é discutido diretamente com o cliente.

Nossa política de frete é baseada na cobrança FOB São Bernardo, que quer dizer que o frete está incluso até nossas portas. Saindo das nossas instalações em São Bernardo do Campo, o frete fica por conta do cliente. Neste caso o cliente pode indicar para nós alguma transportadora para chamarmos a coleta, ou realizamos esse serviço com a opção do frete a pagar. Caso o cliente deseje que o frete venha incluso no preço da mercadoria, nós iremos orçar aqui a melhor transportadora e adicionar o preço que encontramos à Nota Fiscal.

Técnica

Tratamento de Água

Para conhecer nossas políticas de garantia, acesse nossa página garantia, e lá você poderá entender melhor como proceder.

Neste caso, você pode tentar contatar a nossa equipe técnica pelo telefone (11)4356-1130 durante o horário comercial, de segunda a sexta ou escrever um e-mail para nossa assistência técnica. Além disso, caso prefira, podemos agendar uma visita (veja nossa seções instalações) até sua fábrica e nós mesmos realizamos a instalação.

Para reduzir a vazão, basta ajustar o potenciômetro no painel da bomba proporcinalmente ao valor desejado. Por exemplo: se sua bomba trabalha com 5 l/h a 100%, e você deseja ter a bomba trabalhando com 2,5 l/h, basta girar o potenciômetro até 50%, e a bomba passará a trabalhar com essa vazão.
Além disso, nossas bombas possuem a opção de divisão 1:10. Vamos imaginar que no caso acima, você queira reduzir sua vazão para 250 ml/h. Uma vez que você já ajustou o potenciômetro em 50%, a bomba já esta com 2,5 l/h. Com a função divisão 1:10, basta você desligar a bomba, segurar o botão enter até piscar 3x, e a bomba reduzirá sua capacidade em 10 vezes, passando a trabalhar com 250 ml/h.

Normalmente, o mais indicado é trabalhar com Viton para produtos ácidos e EPDM para produtos alcalinos. Dependendo da concentração de seu produto químico a ser usado, as duas vedações irão suportar o trabalho.

Sim. A velocidade do fluxo dos líquidos pode variar devido ao atrito das moléculas, reduzindo a vazão. Dessa forma, se um produto é altamente viscoso, ele terá sua vazão reduzida.

São os pulsos fornecidos por um contato externo que iniciam a dosagem em litros ou mililitros definidos previamente na programação.

Não, os circuitos dos parâmetros são individuais, sendo assim, os parâmetros não afetados continuarão trabalhando normalmente.

Se a atura do líquido bombeado está maior que o ponto de aplicação, ocorrerá o efeito sifão. Para solucionar este problema, ofertamos uma válvula de contra pressão ou anti sifonamento para ser colocada na tubulação, aumentando a pressão da injeção evitando esse fenômeno.
Se a altura do líquido estiver menor que o ponto de aplicação, a pressão a ser considerada será a diferença de alturas (tanque e aplicação ), portanto sem problema algum.

Os instrumentos que possuem saída 4-20 mA necessitam de instalações e cabos especiais, pois podem receber "ruídos" de outros equipamentos elétricos, e, consequentemente, investimentos maiores. Enquanto nos digitais, podem ser utilizados cabos sem proteção e sem necessidades de conduites separados pois os sinais digitais são contatos sem tensão e não sofrem ações de ondas eletromagnéticas presentes em motores e cabos elétricos.

Diluição e Higienização

No gerador de espuma de clinidro ou tanque é necessário colocar o produto já diluido.

Tem sim através de tips que você coloca na entrada de produto químico. Assim você controla a quantidade da diluição pois alugns tips fazem a proporção 1 para 10, outros 1 para 20, etc.

Os dois geram uma quantidade boa de espuma. A diferença fica na pressão, onde o gerador fixo tem a possibilidade de trabalhar com altíssimas pressões, sendo assim tem alcances mais altos.

Eles trabalham com pressão de 1-7 bar, sendo a pressão ótima de trabalho de 4 bar. Em relação ao material, eles são feitos todos de plástico, sendo assim, não oxidam.

Não. Neste caso, você pode comprar 3 diluidores de 1 produto químico e conectá-los um ao outro, de modo que todo receberão a mesma linha de água. Além disso, disponibilizamos modelos que aguentam até 4 produtos químicos em uma única peça.